O PROGRAMA CUIDAR 360º surgiu das reflexões de um conjunto de  profissionais da Casa de Repouso e Saúde de S. Brás e Fisio S. Brás – que trabalham há vários anos  as questões do envelhecimento, das demências e das problemáticas envolvidas, quer para os próprios quer para os cuidadores.

Neste processo foram identificadas lacunas na oferta de serviços orientados para o cuidador e a sua interação com o idoso ou doente a cargo. É esse o nosso foco.

O número de  idosos que apresentam sintomas emocionais, comportamentais ou cognitivos associados ao envelhecimento, bem como  aqueles que, com ou sem diagnóstico diferenciado tem demência (entendida esta no seu sentido mais lato de sintomas de um grupo alargado de doenças que causam um declínio progressivo no funcionamento da pessoa), é crescente e o número de cuidadores informais têm, consequentemente, vindo a aumentar  de forma constante.

Apesar deste aumento, a qualidade e função de cuidador não está reconhecida e as suas dificuldades  são imensas, com incidência ao nível financeiro, familiar, pessoal , profissional, psicológico e físico.

Em  regra, o cuidador sente-se perdido, desapoiado e sozinho, confrontado com um conjunto de problemas diários, que são novos e para os quais não têm preparação, agravando o quadro de sofrimento emocional e  desgaste naturalmente associados à nova situação.

OS CUIDADORES DEPARAM-SE TRANSVERSALMENTE E NA GRANDE MAIORIA DAS VEZES COM INÚMERAS DIFICULDADES E LIMITAÇÕES NOMEADAMENTE:

  • Desconhecimento sobre a doença, as suas fases , evolução e sintomas;
  • Não disporem de ferramentas práticas para fazer face às situações decorrentes da progressiva dependência;
  • Dificuldade de reação em situações de crise;
  • Não terem acesso a apoio direto para esclarecimentos  ou respostas a necessidades concretas;
  • Não disporem de uma rede de serviços de apoio especializado que facilite o cumprimento das suas novas funções;
  • Não conseguir acompanhar os processos de envelhecimento ou de evolução da doença demencial que são dinâmicos, impedindo muitas vezes a estabilização de uma rotina de procedimentos, porque em pouco tempo as necessidades mudam e exigem ajustamentos
  • Necessidade de deslocação a vários e distintos locais para consultas, exames, avaliações, sessões, compra de medicamentos, compra de materiais, porque  que os profissionais das várias valências/especialidades envolvidas não comunicam entre si para uma visão integrada.
  • Limitação decorrente da rotina de tratamentos diários para quem não dispõe de rede familiar de proximidade, não existindo soluções que permitam o descanso do cuidador.

SE SE IDENTIFICA COM ESTE QUADRO
DE DIFICULDADES E NECESSITA DO APOIO
DE UMA EQUIPA DE FACILITADORES,
ESTE PROGRAMA É A RESPOSTA.

O Cuidar 360º visa  criar uma resposta , integrada que, num mesmo local, com uma equipa dedicada e de largo espectro de atuação, preste apoio clínico, terapêutico e funcional, de forma acessível e prática a pessoas idosas, com ou sem demências e aos seus cuidadores, oferecendo:

SE SE IDENTIFICA COM ESTE QUADRO
DE DIFICULDADES E NECESSITA DO APOIO
DE UMA EQUIPA DE FACILITADORES,
ESTE PROGRAMA É A RESPOSTA.

O Cuidar 360º visa  criar uma resposta , integrada que, num mesmo local, com uma equipa dedicada e de largo espectro de atuação, preste apoio clínico, terapêutico e funcional, de forma acessível e prática a pessoas idosas, com ou sem demências e aos seus cuidadores, oferecendo:

SE SE IDENTIFICA COM ESTE QUADRO
DE DIFICULDADES E NECESSITA DO APOIO
DE UMA EQUIPA DE FACILITADORES,
ESTE PROGRAMA É A RESPOSTA.

SE SE IDENTIFICA COM ESTE QUADRO DE DIFICULDADES E NECESSITA DO APOIO DE UMA EQUIPA DE FACILITADORES, ESTE PROGRAMA É A RESPOSTA.

O Cuidar 360º visa  criar uma resposta , integrada que, num mesmo local, com uma equipa dedicada e de largo espectro de atuação, preste apoio clínico, terapêutico e funcional, de forma acessível e prática a pessoas idosas, com ou sem demências e aos seus cuidadores, oferecendo:

O Cuidar 360º visa  criar uma resposta , integrada que, num mesmo local, com uma equipa dedicada e de largo espectro de atuação, preste apoio clínico, terapêutico e funcional, de forma acessível e prática a pessoas idosas, com ou sem demências e aos seus cuidadores, oferecendo:

  • Uma resposta inovadora, de proximidade, segura e confiável que permite acompanhar o quotidiano e a evolução das condições de idosos e cuidadores;
  • Uma equipa multidisciplinar de profissionais de saúde que cobre todas as valências com incidência nos cuidados diários;
  • Um centro de recursos focado em dar resposta às necessidades concretas do idoso/doente e do seu cuidador;
  • Resposta de elevada qualidade, suportada na mais valia científica, académica e a experiência de todos os profissionais envolvidos;
  • Conhecimentos práticos e ferramentas em todas as áreas de atuação, desde comportamentos e estratégias; sinais de alarme; mobilidade transferências e posicionamentos; higiene; nutrição; segurança de instalações e pessoas; ajudas técnicas; acolhimento temporário para descanso do cuidador;
  • Acompanhamento psicológico ao cuidador .
  • Serviços coordenados que estruturam de forma facilitadora todas as ações identificadas como necessárias, apoiando a sua execução.